ÔĽŅ

Problemas com a Chuva, o Frio e o Vento

Chuva:

Uma chuva fina e não muito prolongada pode ser uma bênção num dia de calor. Mas, chuvas grossas e/ou demoradas logo deixam de ser agradáveis, pois passam a roubar demasiado calor do seu corpo. Isto é o ponto de partida do caminho à hipotermia.

Um bom poncho não só cobre você, como também cobre o intervalo entre suas costas e a mochila. Por ali é que a água acaba encharcando a mochila e a fazendo mais pesada. Usualmente o poncho não é muito eficaz contra o vento. Por isto, leve, também um anorak.

Um par de cal√ßas imperme√°veis tamb√©m pode ser √ļtil no caso de uma marcha (geralmente for√ßada) durante uma tempestade.

Ao cruzar uma √°rea de capim √ļmido, um par de sacos de lixo enrolados em torno das canelas, presos por el√°sticos ou gominhas, ajuda a manter as cal√ßas secas.


Frio:

Vestir várias camadas de roupa funciona tão bem, e até melhor, que vestir uma roupa grossa. Por causa das finas camadas de ar que ficam entre as camadas de roupa. Isto significa que quase não é preciso andar por aí levando roupas pesadas. Melhor é ter algumas camisetas (ao menos uma, de manga comprida). Mas, isto também depende pra onde se vai. Se pretende ir para o sul do país, no inverno, leve algo mais quente.

Lembre-se: o vento, em conjunto com a umidade (suor, neblina ou chuva) rouba o calor do seu corpo. Isolando-se do vento com uma roupa impermeável bem fechada (um anorak), você não precisará vestir tantos agasalhos (ou mesmo nenhum).

Roupas √ļmidas, ou molhadas, nos fazem perder calor. Portanto use roupas que sequem facilmente. Tais tipos de roupas t√™m a vantagem adicional de poderem ser lavadas em um c√≥rrego ao amanhecer e estar√£o secas (no pior dos casos) ao anoitecer.

Isto economiza na quantidade de roupas a levar (peso e volume).


Ventos :

Ventos de montanha, e de vale, podem se desenvolver em qualquer parte onde haja grandes varia√ß√Ķes do relevo, mas esses s√£o particularmente fortes e regulares nos tr√≥picos. Os ventos de montanha e de vale s√£o, em parte, de origem t√©rmica.

As partes altas de uma montanha se aquecem mais depressa que os fundos dos vales por v√°rias raz√Ķes. Entre a crista de uma montanha e o sol h√° menos atmosfera para filtrar os raios solares. Por serem altas, as cristas s√£o tocadas pelos raios solares mais cedo, ao amanhecer. Portanto "tomam sol" por mais tempo que as terras dos vales. O p√īr-do-sol tamb√©m √© mais tardio, l√° em cima.


Ventos de Vale (anab√°ticos)

Durante o dia, as vertentes s√£o aquecidas mais rapidamente, do que os fundos dos vales. O ar que estava sobre as encostas, ent√£o, fica mais leve e sobe ainda mais, sugando o ar mais abaixo. Isto provoca ventos leves a se movimentar vertente acima. Estes s√£o os ventos de vale ou anab√°ticos. Esses ventos se elevam e passam acima da linha de cumeada, alimentando uma corrente de ar, mais alta, que retorna aos vales, para compensar o ar que de l√° saiu. Como os ventos anab√°ticos trazem o ar mais √ļmido dos vales, muitas vezes eles s√£o acompanhados pela forma√ß√£o de nuvens c√ļmulus sobre as montanhas ou perto delas. Sua velocidade alcan√ßa um m√°ximo por volta das 14:00 horas.


Ventos de Montanha (catab√°ticos)

√Ä noite, o diferencial de press√£o √© invertido. Os planaltos se esfriam muito mais rapidamente que os vales, por causa das perdas pela radia√ß√£o terrestre. O ar frio e denso ent√£o se desloca vertente abaixo para as depress√Ķes e vales. Tais ventos frios s√£o conhecidos como ventos de montanha ou ventos catab√°ticos. Estes ventos s√£o comumente citados como a causa da incid√™ncia de geada nos vales e depress√Ķes de √°reas montanhosas.


Ventos Saltadores

Também pode acontecer do ar, que estava do lado de lá da serra ser forçado (por um vento forte, talvez) a saltar a crista da serra, passando para o lado de cá. O problema é que, à medida que a massa de ar é forçada encosta acima, a pressão atmosférica diminui, obrigando a massa de ar a se expandir. Esta expansão gera um esfriamento (adiabático) da massa de ar. O resultado, é que quando a massa de ar finalmente salta a alta linha de cumeada, ela (a massa de ar) já está fria, o que faz com que o ar tenda a rolar morro abaixo, gerando algo como um catabático.


Escala Beaufort

Em 1805, um contra-almirante inglês, Sir Francis Beaufort, relacionou, em uma tabela, faixas de velocidades do vento com seus efeitos visíveis em terra e no mar. Isso passou a permitir às pessoas poder avaliar, visualmente, a velocidade do vento.

Esta tabela, a Escala Beaufort, é usada até hoje.

FORÇA

NOMENCLATURA

KM/h

EFEITOS EM TERRA

0

Calmaria

0,000 - 1,00

A fumaça sobe na vertical e as folhas não se movem.

1

Bafagem

1,100 - 5,00

A fumaça se move lentamente as folhas não se movem.

2

Aragem

5,100 - 11,0

As folhas j√° se movem e sente-se o vento com o rosto.

3

Vento fraco

11,10 - 19,0

As folhas se agitam, ramos finos se movem.

4

Vento moderado

19,10 - 29,0

Pap√©is soltos voam e a poeira √© levantada; galhos se movem. 

5

Vento fresco

29,10 - 38,0

Arbustos e pequenas árvores se movem, nos lagos a água começa a ondular.

6

Vento muito fresco

38,10 - 50,0

Galhos mais fortes balançam, o vento assovia nos fios, há dificuldades no uso de guarda-chuvas.

7

Vento forte

50,10 - 61,0

Balançam as árvores mais grossas e já se sente alguma dificuldade em andar contra o vento.

8

Vento muito forte

61,10 - 74,0

Galhos médios são quebrados e é bem difícil andar contra o vento.

9

Temporal

74,10 - 86,0

Galhos grossos são quebrados. Impossível andar contra o vento, e telhas são levantadas.

10

Temporal desfeito

86,10 - 101,0

√Ārvores s√£o arrancadas, h√° danos nas estruturas de edifica√ß√Ķes.

11

Tuf√£o

101,1 - 120,0

Grande danos

12

Furac√£o

acima de 120

Danos excessivos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Artigos Relacionados:

Comentar:


Código de segurança
Atualizar

Avalia√ß√£o do Usu√°rio: / 1
PiorMelhor 

Login

Login Cadastro

Login para sua conta

Sem conta? Campos marcados com um asterisco (*) são obrigatórios.

Por favor, informe um Nome de Usu√°rio v√°lido. Sem espa√ßos, com pelo menos 2 caracteres e contendo apenas letras e n√ļmeros.
Por favor, informe um Senha v√°lido. Sem espa√ßos, com pelo menos 4 caracteres e contendo apenas letras e n√ļmeros.
Senhas n√£o conferem.
Por favor, informe um endereço de e-mail válido.
E-mails n√£o conferem. ?>


Quem est√° Online

N√≥s temos 127 visitantes online

Estatísticas

Visualiza√ß√Ķes : 20190477
English Chinese (Simplified) Dutch French German Italian Japanese Russian Spanish